por angelica ca e paulo eneas
O Ministro da Justiça, Sérgio Moro, solicitou nesta quarta-feira (07/08) que a Polícia Federal investigue o youtuber Vina Guerrero por supostas ameaças contra o presidente Jair Bolsonaro. No ofício em que solicita a abertura de inquérito policial, Sérgio Moro afirma que as declarações feitas pelo youtuber, que é filiado ao PDT, podem representar crimes de ameaça, contra a honra e de incitação contra o Presidente da República.

No pedido feito a Polícia Federal, Sérgio Moro solicita ainda que seja avaliado se as condutas cometidas por Vina Guerrero não se enquadram em crimes mais graves, como aqueles previstos na Lei de Segurança Nacional (Lei 7170/1983).

Em um vídeo publicado por Vina Guerrero em seu canal, ele diz textualmente que o presidente Jair Bolsonaro “tem que ser assassinado”. Afirmando não estar mais em condições de “aceitar” que o Presidente Bolsonaro esteja no poder, o youtuber afirma que o presidente e seus quatro filhos tem que ser assassinados. Em um trecho do vídeo, o youtuber diz:

Vamos começar a guerra, velho, é isso que tem que acontecer. Não tem mais condição de aceitar um  *** como o Bolsonaro no poder, esse cara tem que ser assassinado, ele e a família. Menos a filha, que não é política. Os políticos da família Bolsonaro, os quatro: os três filhos *** e o próprio pai, esses tem que acabar, tem que morrer. Você tem que morrer Bolsonaro, você é um câncer na sociedade, você é um lixo, você é um opressor de *** e um covarde.

Vina Guerrero retirou posteriormente o vídeo de seu canal, mas o registro do crime foi mantido. A fala do youtuber comprova uma das máximas da esquerda, atribuída a Lenin: acusar seus inimigos daquilo que ela mesma é e faz.

Pois um dos mantras usados pela esquerda é atribuir aos conservadores e à direita em geral uma conduta baseada em um suposto ódio. No entanto, o que se observa materialmente no embate político diário é a esquerda fazer a pregação da violência física contra seus inimigos e adversários.

Uma pregação, muitas vezes acompanhada de atos de violência concretos, expressando o real sentimento de ódio que a esquerda nutre por conservadores e pela direita, bem como por qualquer um que não endosse sua ideologia genocida. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE