Aprovação do Presidente Bolsonaro: Pesquisa da Revista Veja Confirma Dados do Crítica Nacional


A Revista Veja publicou na última sexta-feira (23/08) um primeiro levantamento sobre o cenário eleitoral de 2022 para a Presidência da República. A pesquisa mostra que Jair Bolsonaro vence disparado em todos os cenários avaliados. Os dados da pesquisa confirmam levantamentos anteriores que divulgamos aqui no Crítica Nacional no dia 31/07 e no dia 08/08, nos quais informamos que os índices do mandatário brasileiro eram de 57% e 61%, respectivamente.

Analisando os dados da pesquisa Veja/FSB, o que se percebe é que as projeções para segundo turno indicam os votos válidos para Bolsonaro na casa de 57% contra Haddad e de 64% contra o tucano João Doria.

Existe, no entanto, uma ressalva importante a fazer: o Critica Nacional não afirma que o levantamento digital que apresentamos aqui é uma “pesquisa”. Trata-se, isso sim, da descrição de um tracking digital, conforme explicamos no texto publicado em 31/07, onde afirmamos:

O método utilizado pela Agência MrPredictions é um tracking digital, e não pode ser considerado como uma pesquisa tradicional.

Ocorre que mesmo não sendo possível enquadrar esse tipo de levantamento como uma pesquisa eleitoral, no estilo antigo das entrevistas com pranchetas realizadas nas ruas, o fato é que esse tipo de método inovador tem tido uma elevada taxa de acerto, conforme já dissemos anteriormente:

A tecnologia de social mining tem demonstrado muita assertividade, e recentemente em casos como o Brexit, a vitória de Donald Trump nas últimas eleições americanas, e a própria eleição de Jair Bolsonaro em 2018, o coeficiente digital se traduziu quase que diretamente em votos recebidos nas urnas.

Para isto, basta fazer os cálculos corretos. A mídia tradicional jamais vai dizer que, com base nos próprios dados da pesquisa FSB/Veja, a projeção de votos válidos de Bolsonaro seria de 64%. Mas essa é a verdade que se pode depreender dos dados apresentados pela própria pesquisa da Veja. Dados que a grande imprensa em geral tenta esconder, ou fingir que não existem. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

LEIA TAMBÉM:
Popularidade do Presidente Bolsonaro Continua Crescente e Atinge 57%


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário