por clau de luca
A Capes (Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) em acordo com o Ministério da Economia irá ofertar 3.182 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado até o final de 2020. Ao todo, serão destinados R$ 600 milhões a mais para manutenção das bolsas vigentes e para as novas bolsas.

Segundo o Ministro da Educação, Abraham Weintraub, as novas bolsas serão ofertadas para programas de pós-graduação que tenham nota de avaliação da Capes igual ou superior a cinco, em uma escala que vai até sete. Abraham Weintraub afirmou:

As bolsas serão concedidas aos programas das melhores notas, porque esses dão maior retorno para a sociedade.

Dentre as novas bolsas, estão incluídas algumas que não seriam renovadas. Com a garantia de mais recursos, a Capes voltou a garantir parte delas. Ainda segundo o ministro, os pesquisadores que estavam ocupando-se de determinados projetos de pesquisa terão os recursos necessários para continuar recebendo até o final da pesquisa.

Com esse novo repasse por parte do Ministério da Economia, o orçamento da Capes para o ano de 2020 saltou de R$2.4 bilhões para R$ 3.05 bilhões, um crescimento que não era observado em anos anteriores. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário