por angelica ca e paulo eneas
Brasil e a Bolívia irão intensificar ações conjuntas para o combate ao narcotráfico na região da fronteira entre dois países. O acordo foi formalizado no início dessa semana em documento de complementação ao acordo firmado em 1996, e foi publicado no Diário Oficial da União nesta segunda-feira (16/09).

O documento tem por objetivo a implementação do projeto Fortalecimento da Capacidade Operativa da Polícia Boliviana e da Polícia Rodoviária Federal na Luta Contra o Narcotráfico em Rodovias e Delitos Conexos de Impacto Transfronteiriço, conforme publicado no Diário Oficial.

De acordo com o documento, o objetivo é fortalecer a capacidade da Polícia Boliviana, por meio da Força Especial de Luta Contra o Narcotráfico, e da Polícia Rodoviária Federal, no combate ao narcotráfico e delitos conexos na região da fronteira.

O documento ainda prevê o uso de recursos oriundos instituições públicas e privadas, de organizações não governamentais, de organismos internacionais, de agências de cooperação técnica, de fundos e de programas regionais e internacionais, que deverão estar previstos em outros instrumentos legais que não o presente ajuste complementar.

Ou seja, o acordo abre espaço para que o setor privado posso também contribuir financeiramente para o combate ao narcotráfico na fronteira entre os dois países. Esse ajuste complementar ao Acordo de 1996 terá validade de dois anos, e será renovado automaticamente até que se cumpra seu objetivo. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário