por paulo eneas
Em uma demonstração sem paralelo de prestígio e de reconhecimento, o Presidente Bolsonaro fez uma menção elogiosa ao Ministro Sérgio Moro durante seu pronunciamento na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas na manhã desta terça-feira (24/09) em Nova York.

Ao referir-se indiretamente à Operação Lava Jato, o presidente afirmou que presidentes socialistas anteriores que praticaram crimes de corrupção foram julgados e punidos graças ao patriotismo, perseverança e coragem de um juiz que é símbolo no meu país, o Dr. Sérgio Moro, nosso atual Ministro da Justiça e Segurança Pública.

A menção a Sérgio Moro, único ministro citado no pronunciamento presidencial, foi um autêntico cala-boca na grande imprensa brasileira mentirosa e desonesta, que há meses vem divulgando fake news para construir a narrativa mentirosa de que o presidente estaria fritando e desprestigiando seu ministro.

Resta saber se após esse pronunciamento, veículos como O Antagonista continuará a mentir para seus leitores, publicando notas e vídeos sobre um imaginário e inexistente conflito entre o o Presidente Bolsonaro e o Ministro Sérgio Moro, conflito esse que seria uma decorrência de uma suposta leniência do presidente com com o crime e a corrupção.

Ainda hoje iremos trazer uma análise completo do pronunciamento histórico do Presidente Bolsonaro na Assembleia Geral da Nações Unidas. Uma pronunciamento que foi um genuíno cala-boca na grande imprensa nacional e estrangeira, nos globalistas de vocação colonialista tardia, e uma reafirmação sem paralelo de nossa soberania nacional. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário