Prisão Após Segunda Instância: Dias Toffoli Dará Voto de Desempate

Conforme esperado, o ministro Celso de Mello votou contra a prisão após condenação em segunda instância. Assim, o placar ficou empatado em 5 x 5 votos, e caberá ao presidente da suprema corte, ministro Dias Toffoli, o voto de desempate.

No início da leitura de seu voto, o ministro faz um histórico a respeito da prisão após segunda instância e seu liame com reconhecimento da constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa.

Ainda que não seja prolixo, as considerações iniciais de Dias Toffoli não permitem inferir, até esse momento, como será seu voto. Existe a expectativa de que ele apresente uma terceira opção e não venha a aderir a nenhuma das duas teses no momento empatadas em plenário. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário