O jornal Folha de São Paulo publicou há exatamente um mês, no dia 11/10, um artigo levantando questionamentos sobre os resultados do Ranking Digital dos Chefes de Estado, elaborado pela Agência de Dados MrPredictions e publicado no Crítica Nacional, alguns dias antes sob o título Presidente Bolsonaro É O Quarto Governante Mais Popular Do Mundo.

A matéria da Folha de São Paulo, intitulada “Não é possível determinar popularidade de Bolsonaro só por seu alcance em redes sociais” faz uma tentativa de classificar os dados apresentados pelo MrPredictions como sendo fake news.

Porém, os equívocos da matéria da Folha de São Paulo são vários. Em uma tentativa de embasar a classificação, o site de fact checking Comprova fez um levantamento utilizando a ferramenta SocialBlade, que revelou diferenças numéricas com os dados apresentados no ranking.

Porém, uma análise direta dos números fornecidos pelas redes sociais mostra que são errôneas as informações publicadas pela Folha de São Paulo. Os números reais podem ser verificados nas imagens de captura de tela, reunidas nesse link aqui, ou acessando diretamente as respectivas redes sociais dos chefes de estado mencionados no artigo.

Essa falha evidencia a importância de, ao se realizar uma checagem de dados, não se obtê-los de segunda mão, como foi feito equivocadamente pelo Comprova. A análise publicada pela Folha de São Paulo faz também uma tentativa de comparação entre as pesquisas realizadas pelo MrPredictions e as realizadas pelos métodos tradicionais de pesquisa de opinião, como o Datafolha, oriundo do mesmo grupo empresarial do jornal.

As tecnologias, porém, não são comparáveis. Além do Ranking Digital dos Chefes de Estado terem justamente um foco internacional, vale ressaltar também a superioridade tecnológica do trabalho do MrPredictions. O ranking aqui apresentado é uma análise aritmética, e é apenas um dos fatores que compõem o algoritmo do Pulso Digital, que por sua vez é uma ferramenta mais robusta, utilizada nas previsões de cenários políticos, tais como as eleições.

Foi através do Pulso Digital que fizemos a previsão correta dos resultados das eleições presidenciais brasileiras de 2018. No mesmo período, o Instituto Data Folha erroneamente atribuiu ao então candidato Fernando Haddad (PT) uma vitória no segundo turno das eleições, como mostrado na matéria “Datafolha: um histórico de erros de previsões”. As ressalvas feitas pela Folha de São Paulo são, portanto, fundadas na incompreensão da inovadora tecnologia desenvolvida pelo MrPredictions.

O leitor pode encontrar neste link aqui, onde estão as capturas de tela das páginas oficiais dos chefes de estado, para comprovar a fonte primária dos dados utilizados para este artigo. Equipe da Agência MrPredictions #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário