por angelica ca
Um integrante do Partido Comunista da Argentina, foi identificado entre os manifestantes comunistas terroristas na defesa do ex-ditador boliviano Evo Morales, que renunciou na semana passada. O terrorista de nome Facundo Molares Schoenfeld, 44 anos, foi membro do Partido Comunista da Argentina, antes de ingressar nas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC), o principal grupo narco-guerrilheiro sul-americano.

A informação foi divulgada na última quarta-feira (13/11) pela polícia da Bolívia. Facundo Molares  foi contratado para vir à Bolívia e treinar socialistas e comunistas locais. O treinamento consistia em técnicas para praticar atos de terror, para intimidar policiais e agentes governamentais e para viabilizar a permanência da esquerda no poder na Bolívia.

A polícia boliviana informou ainda que Facundo Molares Schoenfeld recebeu um ferimento de bala enquanto praticava atos de vandalismo e tumultos na cidade de Montero, no último da 30 de outubro. Imagens gravadas desses atos, mostram os esquerdistas espancando indiscriminadamente indivíduos que protestavam pacificamente contra a tentativa de Evo Morales de governar pelo quarto mandato consecutivo.

Após quase duas semanas de ataques comunistas, Schoenfeld apareceu em um hospital em estado grave, sendo identificado dois dias depois de sua internação. A polícia boliviana está investigando não apenas quem contratou o “trabalho” de Schoenfeld para oferecer treinamento militar improvisado aos apoiadores de Evo Morales, mas como ele entrou na Bolívia depois de desaparecer em 2017.

Óscar Gutiérrez, chefe da força especial de combate à criminalidade de Santa Cruz, disse a repórteres na quarta-feira da semana passada, que a presença de Schoenfeld para fazer treinamento militar não é uma coincidência, que ele foi contratado para esta finalidade.

Ainda segundo o chefe de polícia, Schoenfeld foi contratado para dar instruções de treinamento para ações paramilitares e para organizar atos violentos. Com informações de Breibart #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário