por angelica ca e paulo eneas
O Chile prossegue sendo o novo laboratório latino-americano de experiência revolucionária clássica dos narco-comunistas do Foro de São Paulo/Grupo de Puebla. Nesta quarta-feira (27/11) o país viveu
mais um dia de atos de violência e de terrorismo perpetrados pela esquerda.

Na parte da manhã, um grupo de pelos menos cinquenta delinquentes invadiram as instalações de um luxuoso resort à beira-mar na costa norte do país, a cerca de 480 quilômetros de Santiago, e promoveram saques e depredações.

Um tradicional hotel no centro da cidade, o Costa Real, foi praticamente destruído por um incêndio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, havia hóspedes no hotel durante o incêndio. Ainda de acordo com os bombeiros, os hóspedes estavam no segundo andar, e foi necessário fazer operações de busca e salvamento no terceiro e quarto andar. Sete pessoas foram resgatadas.

Também foram registrados saques em hotéis, supermercados, além de incêndios em várias partes do país, agravando ainda mais a tensão social que vive o Chile. A estação de metrô em Santiago sofreu novamente ataques de vândalos, obrigando as autoridades a suspenderem as operações nesta quarta-feira.

O presidente chileno, Sebastián Piñera, solicitou uma reunião de emergência nesta quarta-feira, para analisar os atos de terrorismo que ocorreram em diferentes lugares. Os vídeos abaixo registram algumas das cenas de depredação e de destruição produzidas pela delinquência esquerdista chilena. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário