por paulo eneas
Em um comunicado na rede social na manhã desta segunda-feira (02/12), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua decisão de promover um aumento nas tarifas de importação de aço e de alumínio do Brasil e da Argentina.

Segundo o presidente norte-americano, a decisão deveu-se à desvalorização das moedas brasileira e argentina frente ao dólar, que tem sido prejudicial em seu entender para os agricultores norte-americanos.

No mesmo comunicado, Donald Trump pressiona o Federal Reserve para que tome medidas para impedir que diversos países desvalorizem suas moedas frente ao dólar, que encontra-se fortalecido.

Não ficou claro no comunicado do presidente norte-americano de que maneira o aumento na competitividade, decorrente da sobrevalorização cambial do dólar, do aço e do alumínio importados pelos Estados Unidos afetaria os agricultores norte-americanos.

Da mesma forma, não ficou claro como a autoridade monetária norte-americana poderia impedir a desvalorização de moedas estrangeiras frente ao dólar, exceto por uma mudança abrupta na taxa de juros.

No início da tarde, o Itamaraty e o Ministério da Agricultura emitiram nota conjunta informando terem entrado em entendimentos com interlocutores em Washington. Existe a avaliação de que a decisão de Donald Trump tenha sido motivada, também, por razões eleitorais, ainda que estas somente não expliquem o motivo da decisão.

Mais tarde traremos informações mais detalhadas a respeito. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Deixe um comentário