Presidente da Argentina Promete Interferir na Justiça & Ameaça Com Censura À Imprensa

O presidente argentino, Alberto Fernández, afirmou durante discurso de posse nesta quarta-feira (10/12) na Plaza de Mayo em frente à Casa Rosada, que irá por um fim a uma justiça que, segundo ele, usa prisões preventivas para intimidar os oponentes, numa clara indicação de sua intenção de interferir na justiça da Argentina.

Repetindo discurso semelhante ao dos petistas brasileiros em relação à Lava Jato, Alberto Fernández insiste que a justiça argentina estaria fazendo perseguição a quem ele chama genericamente de oponentes. Sua vice, Cristina Kirchner, responde por suspeitas de crimes de corrupção e de homicídio.

Para concluir a narrativa copiada dos petistas, Alberto Fernández fez novas ameaças de imposição da censura e controle da imprensa,  deixando claro assim que seu governo irá seguir a cartilha e o script comunista do Foro de São Paulo. Colaboração Angelica Ca #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE