Ditador Nicolas Maduro Pretende Equiparar Paramilitares Chavistas aos Militares das Forças Armadas

O regime de ditadura narco-comunista de Nicolas Maduro anunciou no início de dezembro, que as pessoas que atuam como paramilitares de grupos chavistas, terão as mesmas funções que os integrantes das Forças Armadas Nacionais, violando assim a Constituição da Venezuela.

O ditador ainda sinalizou que cada um dos integrantes desses grupos milicianos, que somam um total aproximado de três milhões de pessoas, terá uma arma própria. O próprio ditador afirmou isso textualmente:

“Hoje é um dia especial, porque alcançamos três milhões de milicianos armados e treinados, dispostos a defender a união, soberania e paz da Venezuela”.

A Milícia Nacional Bolivariana não pode ser incorporada às Forças Armadas Nacionais da Venezuela, sem um referendo consultivo constitucional ou uma reforma constitucional, que por sua vez também está sujeita a um referendo para sua aprovação.  Colaboração Angelica Ca #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE