por clau de luca e paulo eneas
A youtuber Karol Eller, figura pública que sempre se declarou homossexual de direita e apoiadora do Presidente Bolsonaro, foi brutalmente atacada no último domingo (15/12) na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, por um homem ainda não identificado. O fato veio a público somente hoje, nesta terça-feira.

Segundo informa o site Conexão Política em matéria que pode ser vista nesse link aqui, Karoll Eller relata que ela estava em um quiosque na Barra da Tijuca com sua namorada, quando um homem se aproximou de repente de forma violenta, insultando-a para em seguida começar a agredi-la com socos e pontapés. Após a agressão, o criminoso fugiu do local.

Karoll e a namorada pediram ajuda no quartel do Corpo de Bombeiros próximo ao local da agressão e, socorridas, foram levadas ao hospital, onde Karoll ainda se encontra em observação.

Com dificuldade para falar, Karoll está muito abalada e sem entender ao certo o que aconteceu. Chorando, ela pediu ao reporter do Conexão Política que a agressão por ela sofrida fosse divulgada amplamente:

“O que vocês puderem fazer para viralizar isso… foi uma covardia, velho.”

Karoll Eller fez tomografia e outros exames, e foi recomendada pelo médico a ficar longe do telefone por alguns dias.

O crime tem todas as conotações de um crime político, como o ocorrido também esta semana contra Amanda Coimbra, do Movimento Conservador, que foi violentamente agredida na porta de sua casa na cidade de Sumaré (SP), conforme relatamos nesta matéria aqui publicada ontem no Crítica Nacional.

Recentemente Karoll Ellen foi vítima de uma tentativa de agressão física por parte de delinquentes de esquerda, durante evento em uma cidade de MG. Ela e o casal que a acompanhava foram encurralados pelos militantes esquerdistas que tinham a clara intenção de espancá-los.

Em artigo publicado no website da Revista Esmeril, e que pode ser visto nesse link aqui, a jornalista Larissa Castelo Branco analisa outros aspectos desse ato de violência, e traz uma série de prints mostrando esquerdistas endossando e “celebrando” a agressão praticada contra Karoll Eller, pelo fato de ela ser de direita e apoiadora do Presidente Bolsonaro. #CriticaNacional #TrueNews #RealNews


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE