por paulo eneas
Os Estados Unidos não irão mais sobretaxar o aço e o alumínio importados do Brasil. Durante transmissão ao vivo realizada nesta sexta-feira (20/12), o Presidente Bolsonaro confirmou ter recebido telefonema de Donald Trump, conforme o próprio mandatário norte-americano havia informado mais cedo em seu twitter, e deu a seguinte notícia:

“(…) a notícia que dou a todos no Brasil é de que o aço e o alumínio não serão sobretaxados pelo governo americano. E nós, dessa forma, aprofundaremos mais ainda a nossa relação comercial bem como a de respeito e admiração entre nossos povos.”

Durante o comunicado, em que estava acompanhado do assessor especial para assuntos internacionais, Filipe G.Martins, e do Ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o Presidente Bolsonaro descreveu o trabalho realizado pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes e pelo próprio Chanceler Ernesto Araújo, para tratar do problema da sobretaxa.

O Presidente Bolsonaro reafirmou a grande admiração que tem pelo mandatário norte-americano, e lembrou do ataque que sofreu da mídia, com a notícia da taxação do aço e do alumínio brasileiros pelos Estados Unidos. Uma sobretaxação que não vai mais existir, por conta da eficiência do governo brasileiro, em especial as áreas de Economia e Relações Exteriores, que souberam mitigar o problema da sobretaxa.

O próprio presidente brasileiro argumentou junto a Donald Trump que, segundo relatou o Presidente Bolsonaro, convenceu-se dos argumentos apresentados pelo Brasil e com isso pôs um fim ao episódio da sobretaxa.

E com isso também chega ao fim a narrativa da esquerda e da grande imprensa que, inimigas que são do Brasil, estavam celebrando uma decisão norte-americana que poderia prejudicar a economia brasileira. Colaboração Angelica Ca #CriticaNacional #TrueNews #RealNews

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE