A entidade judaica canadense Bnei Brith apresentou nesta segunda-feira (13/01) uma petição ao governo do primeiro-ministro Justin Trudeau demandando que o Canadá passe a designar, em até trinta dias, a Guarda Revolucionária Islâmica do Irã como sendo uma organização terrorista.

A pressão para que o Canadá assuma essa posição aumentou após o regime dos aiatolás ter admitido que foi o próprio Irã que derrubou um avião ucraniano matando 180 pessoas. Questionado a respeito do pedido da Bnei Brith, o premier Justin Trudeau deu uma resposta evasiva.

O premier canadense Justin Trudeau é um chefe de governo fraco, que já declarou-se feminista e é alinhado com toda a agenda globalista da esquerda internacional em temas como imigração, meio ambiente e feminismo. (publicado originalmente em 15/01/2020)

Obs:
Bnei Brith significa filhos da aliança, referência à aliança entre Deus e o povo hebreu.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE