Em uma demonstração da insanidade causada pela agenda ambientalista, a escritora feminista alemã Verena Brunschweiger pediu aos alemães que parem de ter filhos para salvar o planeta. Em entrevista ao jornal Neue Osnabrücker, Verena Brunschweiger afirmas estarmos à beira de um colapso ecológico, e que a única solução seria a renúncia à própria reprodução da espécie humana.

No entender da mentalidade doentia da feminista e ambientalista, o fato de as pessoas terem filhos e reproduzirem-se gera problemas ambientais. Portanto, segundo ela é necessário haver menos pessoas no mundo e restrições à reprodução para supostamente salvar o planeta.

Concepções insanas e doentias como desta escritora têm sido difundidas há décadas por agentes globalistas. E com base nestas concepções, grandes fundações metacapitalistas investem bilhões em programas de disseminação do aborto e controle de fertilidade. (publicado originalmente em 23/01/2020)


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE