O Governo de Honduras declarou formalmente nesta segunda-feira (20/01) o grupo Hezbollah, apoiado pelo regime iraniano, como organização terrorista: “declaramos o Hezbollah uma organização terrorista, e o incluiremos no registro de pessoas e instituições ligadas a atos de terrorismo e seu financiamento”, disse Luis Suazo, vice-ministro de Segurança de Honduras.

Na semana passada, o novo presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, também declarou que classificaria o Hezbollah como um grupo terrorista, além de ter prometido manter a embaixada da Guatemala em Israel na capital daquele país, Jerusalém.

Por sua vez, o  Departamento de Finanças do Reino Unido classificou na última sexta-feira (17/01) o conjunto da organização Hezbollah como grupo terrorista, além de promover o congelamento de todos seus ativos. (publicado originalmente em 20/01/2020)


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE