Em mais um capítulo do avanço da agenda ideológica esquerdista globalista na área comportamental, o Conselho das Escolas Públicas de Denver, no estado norte-americano do Colorado, aprovou na semana passada uma resolução exigindo que todas as escolas distritais tenham pelo menos um banheiro para todos os sexos.

O conselho também tornou obrigatório que os funcionários usem os nomes e pronomes preferenciais dos alunos, independentemente de seus nomes oficiais e do sexo de cada aluno. A resolução também afirma que os professores e funcionários das escolas podem ostentar uma bandeira do arco-íris ou outros símbolos de apoio à agenda diversionista identitária. (publicado originalmente em 27/01/2020)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE