Durante a participação do prefeito paulistano Bruno Covas no programa Roda Viva desta segunda-feira (27/01), a jornalista Vera Magalhães formulou uma pergunta estúpida ao entrevistado, questionando-o se sua doença poderia ter o mesmo suposto efeito que teria tido a facada no então candidato Jair Bolsonaro, trazendo benefício eleitoral.

A resposta do prefeito candidato a reeleição foi igualmente estúpida. O tucano afirmou que em sua opinião “o melhor da facada foi ter tirado ele [Bolsonaro] do debate, ele sumiu, ficou no hospital e não fez campanha”.

Tanto a pergunta imbecil de Vera Magalhães, quanto a resposta patética do tucano Bruno Covas, avaliado como um dos piores prefeitos paulistanos, ignoram o fato de que o atentado contra a vida de Jair Bolsonaro ocorreu justamente para impedi-lo de chegar à Presidência, pois ele já estava praticamente eleito. Publicado originalmente em 28/01/2020.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE