Em sua participação hoje (27/01) no programa Pânico, na rádio Jovem Pan, o Ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, usou de uma figura de linguagem ao reafirmar seu apoio ao Presidente Bolsonaro nas eleições de 2022:

“Já falei um milhão de vezes. Daqui a pouco, vou tatuar na testa. Sou ministro do governo, vou apoiar o presidente Bolsonaro.”

O ministro não precisa de tatuagem na testa, pois não pode haver dúvida quanto à sua palavra. Quem precisa de uma tatuagem na testa escrito “Fake News” é a grande imprensa, incluindo Jovem Pan e Antagonista, que há meses insistem na plantação da narrativa mentirosa de supostos conflitos entre o ministro e o presidente. (publicado originalmente em 27/01/2020)


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE