Todos os quadros bolsonaristas de direita e conservadores que ocupam posições na Secretaria Especial de Cultura do Governo Federal estão em vias de ser exonerados por decisão de Regina Duarte, que pretende substituí-los por pessoas da esquerda ligadas ao PSOL e ao movimento #EleNao.

A maior parte destas exonerações iriam ocorrem hoje (03/03) mas foram retidas por decisão do Ministro do Turismo. No entanto, pessoas mais diretamente ligadas aos movimentos políticos historicamente associados à direita e ao bolsonarismo já foram exoneradas no dia de hoje.

Há algumas semanas a Secretaria Especial de Cultura vem sendo na prática comandada pelo esquerdista Humberto Braga, amigo de Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e braço direito e esquerdo de Regina Duarte. Mesmo sem ter qualquer vínculo formal com a pasta, Humberto Braga tem acesso livre ao prédio e dá ordens e orientações a funcionários.

Está prevista para amanhã a publicação no Diário Oficial da União de uma série de exonerações, todas elas de conservadores e bolsonaristas e de pessoas que historicamente sempre estiveram no campo da direita. As vagas deixadas serão ocupadas por esquerdistas do PSOL da campanha #EleNao. Possivelmente não restará um único conservador sequer na Secretaria de Cultura.