Com 97% dos votos apurados, as eleições de ontem (02/03) em Israel apontam para uma vitória histórica da direita religiosa liderada por Benjamin Netanyahu. O Likud, o maior e principal partido da direita israelense, obteve até agora 36 cadeiras no Knesset, o parlamento israelense, formado por 120 congressistas.

A coalização liderada pelo Likud obteve o total de 59 cadeiras, faltando apenas mais duas para formar a maioria parlamentar para governar o país.

A principal força opositora de centro-esquerda, liderada pelo partido Blue and White, obteve até o momento 39 cadeiras no Knesset, longe portanto de formar a maioria. Segundo o Jerusalém Post, existe a possibilidade de alguns dos eleitos pelo Blue and White migrarem para o Likud, consolidando assim a maioria da direita religiosa.

Por sua vez, a derrota da esquerda tradicional foi acachapante: a coalização liderada pelo partido trabalhista, que já foi o maior partido de Israel, obteve apenas 7 cadeiras. Ao longo do dia traremos mais informações sobre as eleições israelenses.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE