O juiz Dalton Conrado, da Justiça Federal do Mato Grosso do Sul, determinou em decisão proferida ontem (03/03) que seja feita a transferência do criminoso Adélio Bispo de Oliveira, ex-filiado do PSOL que tentou matar com uma facada o então candidato a presidente Jair Bolsonaro em setembro de 2018, para um presídio sob a jurisdição da justiça mineira.

Atualmente Adélio Bispo de Oliveira encontra-se preso na Penitenciária Federal de Campo Grande (MS), de onde deverá ser transferido em até trinta dias. O criminoso será transferido para uma instituição penal a ser definida pela Justiça de Minas Gerais, Estado onde ocorreu o crime.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE