A Grécia está em alerta máximo ao longo da fronteira terrestre com a Turquia desde a última sexta-feira, para evitar a entrada ilegal e massiva de imigrantes em território grego em decorrência da decisão do presidente da Turquia, Recep Erdogan de abrir as fronteiras turcas para a entrada de refugiados sírios na União Europeia.

Cerca de 10.000 refugiados e imigrantes sírios tentam romper a fronteira grega e foram registrados diversos casos de confrontos violentos durante a semana. Diversos vídeos nas redes sociais mostram cidadãos gregos que vivem nas ilhas enfrentando  ONG’s e  tentando impedir que os imigrantes desembarquem de seus navios.