Na sua desastrosa entrevista exclusiva à Rede Globo neste domingo (08/03), Regina Duarte fez uma afirmação desabonadora em relação a Sergio Camargo, presidente da Fundação Palmares e que desfruta de enorme prestígio junto ao Presidente Bolsonaro.

A secretária da Cultura afirmou que “(…) temos uma pessoa que é um ativista, mais que um gestor público”, uma acusação leviana contra o presidente da Fundação Palmares e em relação a qual a secretária não possui prova alguma, exceto sua ilação. Pois, até onde sabemos, a Sra. Regina Duarte não possui competência nem qualificação para avaliar as habilidades de gestor de ninguém.

Em outro trecho, ainda em relação a Sergio Camargo, Regina Duarte afirma estar “adiando esse problema”, deixando claro que ela não tem clareza política o bastante para perceber que o real problema que tem sido adiado é justamente a presença dela e de seus amigos de esquerda tucanos e psolistas na Secretaria de Cultura do Governo Bolsonaro.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE