Os conflitos na fronteira da Turquia com a Grécia continuaram neste sábado (07/03), mesmo após o presidente russo Vladimir Putin e o presidente turco Recep Tayyip Erdogan terem anunciado acordo de cessar-fogo na província síria de Idlib na última quinta-feira (05/03).

O governo grego emitiu um comunicado no sábado informando que cerca de 600 pessoas entraram em confronto com a polícia do país atirando pedras e gritando “abram os portões”. A polícia grega respondeu às investidas dos supostos refugiados usando gás lacrimogêneo e canhões de água.

Segundo as autoridades gregas em menos de 24 horas foram registradas 1269 tentativas de entrar ilegalmente no país e cerca de 27 imigrantes ilegais foram detidos. A União Europeia acusa a Turquia de usar os imigrantes para fins políticos. Em resposta ao presidente turco, a Grécia e a União Europeia anunciaram o fechamento temporário da fronteira turco-grega.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE