por paulo eneas
O coronavírus coloca riscos para a saúde pública e demanda que sejam tomadas medidas para reduzir o impacto sobre a população. No entanto, é preciso que tanto as medidas de contenção de disseminação do vírus quanto as informações disponibilizadas ao público estejam amparadas em dados científicos avalizados, para que as necessárias medidas de prevenção não se transformem em histeria infundada.

Para isso, um parâmetro relevante a ser considerado é o número de mortes diárias causadas pelo coronavírus em comparação com demais doenças infecto-contagiosas. Levantamento feito pela Organização Mundial de Saúde e publicado pela revista médica britânica The Lancet mostra esses dados.

A doença que mais mata pessoas no mundo todo é a Tuberculose, com uma média de 3.000 (três mil) óbitos diários em todo o mundo. A Tuberculose é seguida pela Hepatite B (2.400 mortes por dia) e pela Pneumonia, com (2.200 mortes diárias). O levantamento mostra também que Aids e Malária matam, cada uma, cerca de 2.000 pessoas por dia. Por sua vez, a gripe sazonal causa 1.000 óbitos diários em todo o mundo.

A doença Covid-19, causada pelo coronavírus, tem até o momento provocado 56 (cinquenta e seis) óbitos diários, número bastante inferior, por exemplo, às 330 mortes diárias causadas em todo o mundo pela Meningite, que é altamente contagiosa em sua versão viral. A tabela mostrada mais abaixo ilustra esses números e traz as respectivas fontes. Colaboração de Simone A.

CORONAVÍRUS E OUTRAS DOENÇAS: NÚMEROS COMPARATIVOS DE ÓBITOS DIÁRIOS EM TODO O MUNDO