por angelica ca e paulo eneas
Em um episódio que combina ironia e cinismo, o grupo terrorista Estado Islâmico (formado por terroristas que dispõem-se a morrer para matar civis inocente ocidentais), emitiu um aviso a seus membros na semana passada, exortando-os a ficarem longe da Europa devido ao surto de coronavírus. O aviso também traz instruções de higiene pessoal para evitar o contágio com o vírus.

No último boletim informativo do grupo, Al-Naba, em vez de exortar os membros a atacar cidades europeias, o Estado Islâmico recomenda que seus terroristas saudáveis não entrem em territórios atingidos pelo coronavírus.

Durante mensagem transmitida em seus canais de propaganda na Internet, o grupo terrorista publicou um breve guia de instruções para lidar com epidemias de acordo com a sharia, ou a lei islâmica. Essas recomendações ignoram as medidas preconizadas pela Organização Mundial da Saúde para o efetivo combate a surtos virais.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE