Em meio as preocupações e a histeria que envolvem a pandemia do novo coronavírus, mais de 100.400 pacientes com coronavírus recuperaram da doença desde o início do surto em dezembro do ano passado e foram declaradas livres da doença. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (23/03), pela Universidade Johns Hopkins.

A Itália, um dos países europeus mais afetados pela pandemia demonstra sinais de recuperação pelo segundo dia consecutivo. De acordo com a Agência de notícias italiana ANSA, o país registrou hoje 602 mortes em decorrência do vírus chinês, ao passo que no domingo (22/03), estes números eram de 651 e 793 no sábado,  demonstrando que a curva está finalmente começando a se achatar e oferecendo um vislumbre de esperança de que o bloqueio nacional esteja funcionando.

“Hoje a tendência de queda está confirmada” afirmou o conselheiro regional de saúde da Lombardia Giulio Gallera. Ele afirmou que pode-se dizer que é o primeiro dia positivo, “não é hora de cantar a vitória, mas finalmente vemos uma luz no fim do túnel. ”

Segundo pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, atualmente, existem mais de 354.000 casos confirmados de coronavírus Covid-19 no mundo. Globalmente, mais de 13.000 pessoas já morreram do COVID-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE