O médico infectologista francês Didier Raoult, que tornou-se conhecido pelas suas pesquisas e uso bem sucedido da cloroquina em pacientes graves acometidos pela doença do vírus chinês, recebeu ameaças à sua vida. É o que relata matéria do site Conexão Política, assinada por Thais Garcia, com base em informações da Agência France Press.

O médico denuncia ter recebido  ameaças da parte de um suposto agente público, que o teria intimidado por telefone para que parasse de falar a respeito do tratamento com cloroquina. Segundo a matéria, as autoridades francesas abriram investigação sobre a denúncia.

O Dr. Didier Raoult tem obtido resultados extremamente positivos no tratamento de pacientes à base de cloroquina. Em mensagem publicada em sua rede social neste domingo (29/03) o médico informa ter obtido sucesso no tratamento de 1.003 pacientes de coronavírus à base do protocolo hidroxicloroquina acompanhada de azitromicina. Com informações de Conexão Política.