De acordo com matéria publicada pelo News York Post neste domingo (05//04), cerca de 56 hospitais em Nova York receberam doses de hidroxicloroquina para tratamento de pelo menos 4.000 pacientes graves. A Food and Drug Administration (FDA), agência de medicamentos norte-americana aprovou na semana passada o uso emergencial e de forma limitada da cloroquina e da hidroxicloroquina para tratamento de pacientes com coronavírus.

O presidente dos Estados Unidos demonstrou otimismo durante entrevista a repórteres no mês passado afirmando que o medicamento seria um “presente de Deus”: “Neste momento, isso, para mim, seria a melhor coisa que poderia acontecer. Isso seria um presente do céu. Isso seria um presente de Deus, se funcionar. Então, vamos orar a Deus para que funcione. Seria uma coisa fantástica.

Também no mês passado, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, informou que pacientes gravemente doentes seriam tratados com hidroxicloroquina e zitromax nome genérico azitromicina) como tratamento ao COVID-19. “Essa é a combinação de drogas que o presidente tem falado”, disse Cuomo em entrevista coletiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE