O Presidente Bolsonaro alcançou o total de 38 milhões de inscrições em suas redes sociais na última sexta-feira, dia 10 de abril. Desde o início do monitoramento em 2018, um pouco antes das eleições, Bolsonaro apresentou uma linha crescente de inscrições e com alguns picos relacionados a fatos como o atentado, a vitória nas eleições, ou ao assumir o governo.

O número total nas redes sociais é resultado da somatória de inscrições nas páginas oficiais das seguintes plataformas: Facebook, Twitter, Instagram e YouTube. O Facebook disponibiliza o número de likes e o número de seguidores da página. Para este estudo é utilizado o número de seguidores.

O quadro Presença nas Redes Sociais mostra que o mandatário brasileiro estava com exatos 38.026.732 inscrições no dia 10/04, e continua crescendo. O levantamento foi realizado em 10 de abril de 2020, às 14 horas (horário de Brasília).

No dia 02/04, o Presidente havia ultrapassado 37.500.000 de inscrições. Em pouco mais de 1 semana ultrapassou os 38 milhões. Esse fato contradiz diversas opiniões registradas na grande mídia, as quais dizem que o Presidente estaria perdendo apoio nas redes sociais em função da pandemia. Os números reais dizem outra coisa.