Uma equipe de cientistas poloneses do Instituto de Química Bio-orgânica da Academia Polonesa de Ciências em Poznan criou um teste para o coronavírus com 100% de eficácia. A pesquisa foi parcialmente financiada pelo governo polonês, que já encomendou 150.000 unidades.

“Nós não mais dependeremos de que outras pessoas estejam dispostas a nos vender o teste”, disse Mareta Figlerowicz, diretora do Instituto de Química Bioorgânica da Academia Polonesa de Ciências de Poznań. “A produção dos testes permite não apenas economizar no orçamento central, mas também é uma questão de segurança nacional”, acrescentou Figlerowicz.

O custo estimado por teste é de 50 a 80 zloty (11 a 17 euros), em comparação com cerca de 400 zloty para os importados da China. Na semana passada, o ministro da Saúde da Polônia admitiu que as autoridades estavam tendo que lutar com unhas e dentes para garantir equipamentos nos mercados internacionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE