por angelica ca e paulo eneas
O presidente dos Estados Unidos afirmou nesta segunda-feira (13/04) em suas redes sociais que a decisão de reabrir a economia do país é sua, e não dos governadores dos estados, como alguns meios de comunicação estão dizendo. O chefe de governo americano informou também que esta decisão será tomada em breve.

“Com o objetivo de criar conflito e confusão, algumas mídias fake news estão dizendo que [a reabertura da economia] é uma decisão dos governadores abrir os estados, e não a do Presidente dos Estados Unidos e do Governo Federal. Entenda que isso está incorreto. É uma decisão do Presidente, e por muitas boas razões.”

Assim como vem ocorrendo no Brasil, a epidemia vem servindo para governadores de esquerda tentem colocar em questão a unidade nacional por meio do desafio direto à autoridade do poder central. No Brasil, a figura que mais abertamente atua nessa direção é o governador tucano paulista João Doria, que chegou a pedir ao público para não seguir as orientações do Presidente da República.

“A administração federal e eu estamos trabalhando em estreita colaboração com os governadores, e isso continuará assim. Uma decisão minha [sobre a abertura da economia], em conjunto com os governadores e a contribuição de outros, será tomada em breve”, concluiu o mandatário norte-americano em suas redes sociais.

“Donald Trump afirmou na semana passada que reabrir a economia é a maior decisão de sua vida: “vou ter que tomar uma decisão, e só espero por Deus seja a decisão certa, e posso dizer sem questionar que é a maior decisão que já tomei”, disse Trump.