Se Luiz Mandetta felizmente não é mais ministro da Saúde, não faz sentido algum ter mantido a entrevista coletiva de hoje (16/04) do ministério com a presença do agora ex-ministro.

Nas enfastiantes entrevistas anteriores, Henrique Mandetta teve oportunidade e tempo suficiente para expor sua incompetência e despreparo para gerenciar a área de saúde, principalmente em meio a uma epidemia. Além de ter tido oportunidade de expor sua deslealdade política e falta de compromisso com as diretrizes do Governo Bolsonaro.

Esta patética entrevista coletiva que está sendo realizada ao final da tarde desta quarta-feira serve apenas para selar a saída de Mandetta da vida pública pela porta dos fundos, pela segunda vez. O público poderia muito bem ter sido poupado de mais essa cena protagonizada pelo agora ex-ministro.