Dezenas de colombianos protestaram nas ruas de Bogotá na quarta-feira (15/04), exigindo das autoridades a doação de alimentos ou que permitam que eles voltem a trabalhar. Os manifestantes bloquearam uma das principais avenidas de Bogotá por várias horas exigindo uma solução do governo para enfrentar a pandemia do vírus chinês.

Os protestos ocorreram especialmente nos setores mais pobres, entre os manifestantes estavam trabalhadores informais da construção e vendedores ambulantes. Foram registrados saques em várias partes do país além de confrontos com a polícia.

O governo declarou emergência em 21 de março nas prisões do país depois que tumultos simultâneos, incêndios, confrontos e até tiroteios eclodiram em 13 prisões. Segundo dados oficiais existem 123 mil presos na Colômbia. O governo decretou a quarentena em 25 de março e continuará até 27 de abril.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE