Em conversa com o público e parte da imprensa na manhã desta segunda-feira (20/04), o Presidente Bolsonaro foi enfático ao rechaçar propostas de fechamento do Congresso Nacional e do STF, ao dizer claramente ser favorável a um Congresso e Supremo “abertos e transparentes”.

O Presidente foi provocado por uma pessoa do público que sugeriu fazer o fechamento do Poder Legislativo e do Judiciário. O presidente prontamente reagiu afirmando: “aqui não tem que fechar nada, aqui é democracia, aqui é respeito à constituição brasileira.”

A fala do Presidente joga por terra todas as narrativas da grande imprensa que insistem na falácia de que o Presidente Bolsonaro e seus apoiadores estariam flertando com soluções não-constitucionais.

Quem está tramando contra a Constituição e o ordenamento vigente é Rodrigo Maia e governadores como João Doria, Wilson Witzel, Ronaldo Caiado e Camilo Santana. Apoiadores do presidente têm saído às ruas, como neste final de semana, justamente para fazer a defesa da lei, da ordem, da Constituição e da volta ao trabalho.