O CEO da Tesla, Elon Musk, está pedindo a redução do isolamento social em razão da pandemia do vírus chinês e a reabertura da América, afirmando: “devolva a liberdade às pessoas!”

Musk fez as observações em suas redes sociais nesta quarta-feira (29/04), ele compartilhou um link para um artigo do Wall Street Journal que apresenta dados indicando que as medidas de isolamento social não salvam vidas.

Elon Musk postou anteriormente um link para o vídeo censurado no YouTube de dois médicos de uma clínica de emergência em Bakersfield, estado da Califórnia, Dan Erickson e Artin Massihi, no qual argumentam que o vírus chinês se mostrou menos mortal do que havia sido previsto.

No vídeo, Erickson afirma que existe apenas uma “chance de 0,03 de morte pela COVID no estado da Califórnia”, o que o leva a perguntar: “Isso exige isolamento? Isso exige que as pessoas estejam sem trabalho?”.

Erickson também perguntou por que as mortes estavam sendo contadas como mortes por COVID-19, quando outras doenças eram realmente mais culpadas.

“Quando alguém morre neste país agora, não está falando sobre pressão alta, diabetes, derrame. Eles estão dizendo ‘Eles morreram de COVID?”, questionou Erickson.

O vídeo foi excluído pela plataforma por “violar os termos de serviço do YouTube”. Conforme informado pelo site Estudos Nacionais, outros sites conseguiram republicar o vídeo censurado.

*Com informações de summit.news e Estudos Nacionais