A República Tcheca e os Estados Unidos assinaram na quarta-feira (06/05), uma declaração conjunta para cooperar na segurança da tecnologia 5G.

O documento, assinado remotamente pelo primeiro-ministro tcheco Andrej Babis e pelo secretário de Estado dos Estados Unidos Mike Pompeo, diz que “é vital proteger as redes de comunicações contra interrupções ou manipulações e garantir a privacidade e as liberdades individuais dos cidadãos dos Estados Unidos e da República Tcheca. E garantir que nosso pessoal possa tirar proveito das enormes oportunidades econômicas que o 5G permitirá ”.

O documento também reafirma os princípios desenvolvidos por autoridades de segurança cibernética de dezenas de países em uma cúpula em Praga no ano passado para combater ameaças e garantir a segurança da rede móvel da próxima geração.

O governo americano adicionou em maio do ano passado, a chinesa Huawei à sua lista negra de comércio e também vem fazendo pressão junto aos seus aliados para proibir em suas redes de telecomunicações a tecnologia 5G por causa de seus laços com o Partido Comunista Chinês.

O órgão de vigilância em cibersegurança da República Tcheca também tem emitido alerta sobre o risco do uso de produtos da Huawei e da empresa chinesa de telecomunicações, a ZTE. O Reino Unido já proibiu a ZTE e a incluiu na categoria de fornecedores de alto risco, juntamente com a Huawei.

*Com informações abcnews.go.com e apnews.com

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE