O Governo Federal zerou Imposto de Importação de 118 produtos usados no combate ao vírus chinês. A isenção da alíquota do Imposto de Importação versa sobre medicamentos, como antirretrovirais e antivirais.

Desse total, cerca de 80 são medicamentos usados no tratamento de pacientes hospitalizados. A decisão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) foi publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira (18/05).

Com a medida, sobe para 509 o número de produtos que tiveram a tarifa de importação zerada desde o início da pandemia da covid-19. Em nota, o Ministério da Economia informou que a ampliação da lista de itens importados atende à demanda do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde e a parâmetros da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Além de reduzir o Imposto de Importação, o Governo Federal zerou o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de centenas de produtos essenciais no combate à doença. A redução do Imposto de Importação soma-se a uma série de medidas do Ministério da Economia para facilitar a compra de produtos usados no enfrentamento da pandemia do vírus chinês.

*Com informações de Agência Brasil e Ministério da Economia