O Secretário de Estado americano Mike Pompeo, acusou a China na terça-feira (19/05) de ajudar uma companhia aérea iraniana a contrabandear ouro da Venezuela como pagamento pela gasolina iraniana e de enviar mísseis e itens nucleares exclusivos da ONU para o Irã, dizendo que uma empresa de Xangai facilitou as operações da companhia.

Em um comunicado, o Departamento de Tesouro dos Estados Unidos, disse que a Shanghai Saint Logistics Limited atuou como uma agente geral de vendas para a Mahan Air, dizendo que a empresa agora está na lista negra por violações de sanções relacionadas ao Irã e à Venezuela e também declarou que aplicará sanções contra quaisquer outras empresas no mundo que estejam fazendo negócios com a a empresa chinesa.

Segundo o documento, a China é um dos países que acolhe a Mahan Air, empresa que transporta armas e terroristas ao redor do mundo para a República Islâmica do Irã. “Essa cooperação tem conseqüências”, disse Mike Pompeo.

Em 2011, o Departamento de Tesouro dos Estados Unidos, anunciou que a companhia aérea iraniana Mahan Air foi incluída em sua lista negra de entidades por fornecer “apoio financeiro material e técnico” à força Al Quds, uma unidade de elite da Guarda Revolucionária do Irã.

*Com informações The Washington Times

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE