por angelica ca
O governo comunista chinês prendeu nesta segunda-feira (06/07), o professor de direito, Xu Zhangrun que publicou recentemente ensaios criticando fortemente o ditador Xi Jinping pela pandemia do vírus chinês e seus esforços para consolidar o poder acusando-o de decidir “tiranicamente”.

Xu Zhangrun, tem sido um crítico raro e sincero no país fortemente censurado e criticou o regime comunista. De acordo com um de seus amigos sob condição de anonimato, o professor foi retirado de sua casa no subúrbio de Pequim por mais de 20 policiais. A polícia chinesa também revistou sua casa e confiscou seu computador.

Em fevereiro, Xu publicou um ensaio intitulado Alarme Viral – Quando a Fúria Supera o Medo, criticando a cultura do engano e da censura promovida por Xi para a disseminação do vírus chinês na China. Ele escreveu que o “sistema líder da China está destruindo a estrutura de governança”, acrescentando que o caos no epicentro de vírus da província de Hubei refletia problemas sistêmicos no estado chinês. O ensaio de Xu foi publicado em sites estrangeiros.

“Tudo começou com a imposição de proibições severas ao relato de informações precisas sobre o vírus, o que serviu para encorajar o engano em todos os níveis do governo”, disse o professor Xu Zhangrun. Com informações de Wion News, DW e Jornal Extra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE