por angelica ca
O vice-presidente norte-americano Mike Pence defendeu a decisão do presidente Donald Trump de se retirar da Organização Mundial da Saúde (OMS), argumentando que o organismo global de saúde decepcionou o mundo ao não informar sobre o início da pandemia do vírus chinês.

A Organização Mundial da Saúde decepcionou o mundo ao não informar os Estados Unidos e o mundo em geral sobre essa pandemia quando ela começou na China, dando conselhos infelizes em janeiro e fevereiro. Tem que haver consequências para isso“, afirmou Mike Pence.

Questionado se era a hora certa para os Estados Unidos se retirarem do organismo de saúde global no meio de uma pandemia em andamento, Mike Pence respondeu em entrevista à Fox News na terça-feira (07/07), que era absolutamente a hora certa.

Em maio, vários países, entre eles o Brasil, assinaram uma resolução exigindo coletivamente uma investigação independente sobre a origem do vírus chinês e a resposta da Organização Mundial da Saúde.

A resolução afirma que o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, deve “iniciar o mais cedo possível, e em consulta com os Estados Membros, um processo gradual de avaliação imparcial, independente e abrangente” da origem da COVID-19.

Os Estados Unidos deixarão a Organização Mundial da Saúde (OMS) em 6 de julho de 2021, anunciou a Organização das Nações Unidas nesta terça-feira (07/07), depois de receber uma notificação formal do presidente norte-americano Donald Trump comunicando a decisão. Com informações de Fox News e Zero Hedge.


Crítica Nacional Notícias: