por angelica ca
O Ministério de Justiça da Bolívia abriu uma investigação sobre denúncia contra o ex-presidente narco-cocaleiro comunista Evo Morales pelo crime de pedofilia. A Polícia Boliviana está analisado fotos íntimas e conversas de caráter sexual entre Evo Morales com a jovem N. M. C., hoje com dezenove anos.

De acordo com as investigações realizada pela Polícia Boliviana, os dois mantêm um relacionamento íntimo há cinco anos, desde quando Evo Morales ainda estava no cargo. Ou seja, desde quando a jovem tinha 14 anos e ainda era menor. A informação foi divulgada pela mídia espanhola OK Diario na terça-feira (18/08).

A vice-presidente do Senado boliviano, Carmen Eva González, denunciou o ex-presidente Evo Morales na semana passada perante o Ministério Público pelo crime de pedofilia. A denúncia surgiu depois que o jornal OK Diario revelou a investigação, que está em fase preliminar, e foi iniciada há vinte dias no Ministério Público da Bolívia.

O jornal espanhol OK Diario publicou nesta terça-feira (18/08) que a Polícia Boliviana está analisando mensagens de texto nas quais a adolescente confirma que está namorando Evo Morales. “O melhor dia da minha vida foi aquele em que você e eu nos tornamos namorados, aquele dia 24 em que jurei ao meu coração e ao seu amor sincero para sempre.”

Conforme investigação realizada pelo jornalista Alejandro Entrambasaguas, o modus operandi de Evo Morales é nunca responder com outra mensagem de texto. Dessa forma, se alguém interviesse em suas comunicações, não encontraria nenhuma mensagem de texto enviada por ele. De acordo com o jornalista, mesmo agindo assim, o número de vezes que ele liga para a jovem N.M.C. o denuncia. Com informações de Param Post e OK Diario.



Crítica Nacional Notícias:


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE