Líder do Grupo Racista-Terrorista Black Lives Matter Exige Reunião Com Joe Biden

por angelica ca e paulo eneas
A fundadora do grupo racista e terrorista Black Lives Matter, Patrisse Cullors, uma marxista-comunista assumida, enviou uma carta ao candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, e à sua vice Kamala Harris, exigindo uma reunião para discutir as pautas do grupo terrorista em um hipotético governo de Joe Biden.

Patrisse Cullors impôs o tom intimidador, ao afirmar que o grupo terrorista Black Lives Matter não aceitaria um não como resposta ao pedido de reunião, uma vez que o grupo exige e pretende exercer influência no suposto governo Biden.

Na carta, Patrisse Cullors atribui ao negros norte-americanos, que ela acredita representar, a suposta vitória do democrata e exibe sua fatura política, ignorando o fato que a única “vitória” de Joe Biden até o momento é aquela atribuída pela extrema-imprensa, que sempre acobertou os atos criminosos que sua organização pratica.

A militante marxista também admite na carta que sua organização terrorista investiu pesadamente nas eleições em favor de Joe Biden, o que explica a razão do democrata nunca ter condenado os atos criminosos do Black Lives Matter durante toda a campanha. Informações de Summit News e The Blaze.

Leia também:
FUNDADORA DO GRUPO RACISTA E TERRORISTA BLACK LIVES MATTER É FINANCIADA POR ENTIDADE LIGADA AO PARTIDO COMUNISTA CHINÊS


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE