Paralisação da Apuração: A Explicação Bizarra Fornecida Pelo Tribunal Superior Eleitoral

por paulo eneas
A paralisação da divulgação da apuração dos votos das eleições municipais ao final da tarde de hoje foi explicada de maneira bizarra pelo Tribunal Superior Eleitoral. Segundo o órgão que controla as eleições no país, a apuração prossegue normalmente, tendo havido “apenas” problemas na divulgação dos resultados.

A grande imprensa acolheu esta explicação sem maiores questionamentos. Ocorre que esta explicação dada pelo TSE é um completo non-sense. Não faz sentido falar em normalidade de uma apuração que não é acompanhada pelo público, e cujos resultados não são tornados públicos em tempo real.

O processo eleitoral brasileiro entrou numa espiral de irracionalidade, com endosso da grande imprensa e do establishment político-jurídico, pois todas as premissas básicas de uma eleição legítima, tais como transparência, apuração pública, rastreabilidade e possibilidade de auditoria dos resultados, foram abandonadas. Tudo que temos é uma caixa preta em que os brasileiros são obrigados a confiar, sem fazer questionamentos.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE