angelica ca
A juíza da Pensilvânia, Patricia McCullough, emitiu uma ordem nesta quarta-feira (25/11) suspendendo o processo de certificação do resultado das eleições presidenciais até que a Suprema Corte daquele Estado realize uma audiência, programada para esta sexta-feira (27/11).

“Enquanto houver qualquer ação adicional para aperfeiçoar a certificação dos resultados das eleições gerais de 2020 para os cargos de Presidente e Vice-Presidente dos Estados Unidos da América, os réus são preliminarmente proibidos de fazê-lo, enquanto se aguarda uma audiência probatória para será realizada na sexta-feira”, escreveu a juíza em seu despacho.

Patricia McCullough preside uma ação movida por legisladores e candidatos republicanos contra o Estado da Pensilvânia, o governador democrata Tom Wolf, a secretária de Estado Kathy Boockvar e o legislativo daquele Estado. A Pensilvânia anunciou na terça-feira (24/11) que as autoridades haviam concluído a certificação dos votos. Informações de Just The News e Epoch Times.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE