por paulo eneas
O ex-ministro da Educação e atual diretor executivo do Banco Mundial, Abraham Weintraub, obteve uma primeira vitória importante no Supremo Tribunal Federal. Uma ação movida contra o ex-ministro por um grupo de parlamentares de esquerda foi rejeitada em definitivo pela corte e teve sua tramitação negada.

A ação acusava Abraham Weintraub de ter supostamente expedido ordens e feito aquisições sem observar preceitos constitucionais. A tramitação da ação já havia sido recusada em março deste ano, quando então os parlamentares recorreram. O julgamento do recurso deu novo ganho de causa a Abraham Weintraub e desta forma a ação foi extinta.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE