por paulo eneas
Durante audiência realizada nesta quarta-feira (25/11) no Senado da Pensilvânia sobre as denúncias de fraudes nas eleições norte-americanas naquele Estado, o advogado Rudy Giuliani fez uma revelação espantosa envolvendo a fraude gigantesca com os votos pelo correio.

Ancorado em testemunhas juramentadas, Giuliani mostrou que um total de 1.800.000 cédulas de votação foram enviadas aos eleitores. Desse total, 1.400.000 cédulas foram devolvidas pelos eleitores com seus respectivos votos. Ocorre que na apuração dos votos, foram contabilizados 2.600.000 votos vindos pelo correio.

Ou seja, existem 1.200.000 votos a mais, que correspondem a diferença entre o total de votos pelo correio apurados e o número real de votos enviados pelos eleitores, o que configura uma gigantesca fraude. Do total de votos pelo correio apurados, cerca de 80% (oitenta por cento) foram em favor de Joe Biden.


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE