por camila abdo e paulo eneas
O tucano João Doria está cumprindo à risca o combinado com a farmacêutica Sinovac, e está negociando com a Argentina a venda da vacina produzida pela empresa chinesa para o vizinho portenho. O diretor do Butantan, Dimas Covas, é o responsável pelas tratativas com os integrantes do governo de Alberto Fernández e Cristina Kirchner.

A Sinovac, segundo reportagem do jornal Washington Post, é suspeita de práticas de corrupção e de suborno de agentes públicos em todo o mundo. João Doria também está em processo de negociação da vacina chinesa com os governos do Peru, Bolívia e Colômbia.

O governador tucano paulista tem pautado sua conduta como um representante de vendas da farmacêutica chinesa, o que é absolutamente incompatível com sua função e cargo de governador do Estado de São Paulo. Informações de Conexão Política

Leia também: 
A Provocação De João Doria: Plano De Vacinação Chinesa Sem Autorização Da Anvisa


 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE